Life Style,  Toronto

5 motivos que me deixam tranquila para ser mãe no Canadá

Não, eu não estou grávida rsrsrs. Mas como Domingo foi dia das mães eu pensei que a época seria oportuna para escrever os motivos que me deixam tranquila para ter nossos filhos no Canadá e com isso compartilhar um pouco da cultura Canadense e minhas descobertas por aqui.
Também acho que será legal reler esse post quando essa fase de fato de chegar e saber se na prática as razões ainda serão as mesmas.

A IMPORTÂNCIA DA FAMÍLIA

A cultura Canadense é muito dedicada a família e aqui as pessoas priorizam de fato o tempo com seus familiares. Os pais procuram sair sempre no horário para terem mais tempo com seus filhos, seja para caminharem pelo bairro, brincar no parque, lerem um livro ou simplesmente jantarem juntos.
Na real para eles não importa a atividade, desde que estejam juntos curtindo a cia um do outro e esse comportamento me inspira muito e me fez entender que em diversos momentos no Brasil eu investia horas no trabalho por me cobrar a fazer cada vez mais e melhor ou quando investia um dia inteiro em tarefas que não são prioridades, como fazer uma limpeza quase que neurótica em casa, sendo que eu poderia ter investido esse tempo com minha família.
Somente aqui eu vim aprender a separar o meu tempo de acordo com as prioridades da minha vida. Hoje a limpeza da casa não está mais no topo da minha lista no sabado, por exemplo e sim curtir minha familia.

A SEGURANÇA

Toronto é uma grande metrópole e não está imune a violência, mas sem dúvida, os indices de criminalidade são muito mais baixos do que em São Paulo por exemplo, o que nos deixa muito mais tranquilos.
A lei aqui funciona e protege muito as crianças, que já escola são ensinadas sobre os seus direitos e qualquer sinal onde elas sintam que seus direitos estão sendo violados, pode ter certeza que elas vão reclamar e saber o que fazer.
Um outro exemplo, é que aqui na provincia de Ontário existe o Amber alert onde todos os cidadãos da província (como são chamados os estados Canadenses) recebem uma mensagem no celular e a mesma mensagem é replicada em todos os canais de TV e placas digitais de trânsito simultaneamente, toda vez que uma criança é raptada. A mensagem contém o nome, as caracteristicas fisicas da criança, a roupa que ela estava e onde foi vista pela última vez. Nela também consta o nome, as caracteristicas fisicas e placa do carro da pessoa que supostamente levou a criança. Normalmente, é algum parente, pois o sobrenome da criança e do suspeito costuma ser o mesmo.
Toda essa proteção e cuidado, me deixa muito segura para ter meus filhos aqui.

OS CUSTOS

Existem algumas escolas particulares aqui, mas são pouquissimas, pois a maioria das crianças acaba estudando nas escolas públicas que me parecem ter uma estrutura muito boa.
A saúde aqui também é pública e os planos de saúde funcionam de uma maneira diferente, sendo utilizados somente para serviços especificos, como sessões de fisioterapia.
Como os gastos com educação e saúde costumam ser os que mais pesam no orçamento, a vantagem de não ter esses gastos aqui, reduz muito o custo para se ter filhos.
Além disso, as pessoas aqui tem o hábito de buscar usufruir ao máximo de todos os beneficios que o governo oferece, como as aulas e cursos diversos para crianças por um custo simbólico nos community centers. Esse hábito fez com a gente também começasse a pesquisar mais sobre os serviços públicos, coisa que a gente não tinha o hábito de fazer no Brasil e com a chegada dos filhos, sem dúvida faremos mais ainda.
No geral, como os gastos básicos são menores, as pessoas conseguem oferecer outras experiências e atividades mais superfulas para as crianças, mas que ajudem no desenvolvimento delas, como aprender a tocar um instrumento ou fazer aula de dança.

O VALOR DA SIMPLICIDADE

Uma das coisas que mais me encanta na cultura Canadense é a simplicidade das pessoas.
Elas não se importam com marca de roupas, calçados, carros ou eletrônicos. Não se preocupam se a unha tá bonita ou se o cabelo tá escovado. São capazes de se divertir igualmente acampando na Europa ou no quintal de casa. Elas não fazem distinção ao fazer um piquenique farto ou somente com água e biscoito.
O tempo todo as pessoas aqui me ensinam o verdadeiro valor de cada momento e em como todo instante pode ser especial desde que a gente esteja presente, grato e saiba enxergar a verdadeira alegria que habita dentro de nós e não fora da gente, nas coisas ou nos lugares.
E eu fico muito feliz em saber que meus filhos irão conviver com uma sociedade que valoriza muito mais os momentos do que as coisas.

MAIS ATIVIDADES E MENOS TV

As crianças aqui são muito ativas e são incentivadas tanto pela escola, como pelas famílias a praticarem esportes, artes e outras tantas atividades. Eu costumo dizer para o meu marido que deve ser muito legal ser criança aqui, porque tem muita coisa legal para fazer.
Entre a Primavera e o Verão, vemos muitas crianças (tanto meninos quanto meninas) jogando futebol e baseball nos campos ou parques. Já no Inverno, elas praticam patinação no gelo e hockey nas quadras.
Como praticamente metade da população de Toronto possuí bicicleta é muito comum ver as crianças pedalando com a família por aí, além de brincarem nos playgrounds e parques da cidade mesmo no Inverno.
Eu não sei como é a relação das crianças por aqui com a TV, mas vendo o quanto elas são ativas, eu imagino que não sobre muito tempo para assistir televisão e como também não é muito comum ver as crianças na rua vidradas em tablets ou celulares, eu também imagino que aqui elas preferem brincarm fazer atividades diversas e estar com a família do que ficar focadas numa tela.

Eu espero que vocês tenham gostado de conhecer um pouco mais sobre a cultura Canadense. Aproveita e me conta qual desses motivos mais chamou sua atenção.

Beijos e até o próximo post.

Loading Likes...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *