[ Toronto ]

Motivos para adestrar seu cachorro antes de vir para o Canadá

Hoje em dia, cachorro é um membro da família e para quem está de mudança para o Canadá (ou para qualquer outro país), fica pensando em todos os detalhes e melhores maneiras de trazer seu peludo.
Aqui no blog, eu já compartilhei com vocês, todos os passos de como levar o seu pet para o Canadá.

Mudar de país é uma baita adaptação para todos os membros da família (inclusive os cachorros) e eu até compartilhei aqui no blog, um pouco sobre a adaptação do meu cachorro.
Naturalmente a rotina de todos é alterada por conta da cultura , do clima e das novas atividades adquiridas. Nesse processo, eu percebi o quanto foi importante ter um cachorro adestrado antes de vir para o Canadá e são essas razões que compartilho hoje com vocês.

1. É DIFICIL ACHAR IMÓVEIS QUE ACEITEM CACHORROS

Em qualquer metropóle a oferta de imóveis que aceitam pets é muito menor. (Vide a imagem acima com um comparativo dos imóveis de Toronto que aceitam vs o que não aceitam). Com isso, achar um imóvel com as caracteristicas e localização que você deseja, podem se tornar um grande desafio.

Nós sentimos isso, logo no início quando ainda buscavámos uma moradia temporária pelo Airbnb e quase nenhum aceitava pet. Com isso, nós acabamos arriscando conversar com os proprietários de imóveis que não aceitavam para explicar que tinhamos um cachorro muito pequeno e adestrado. No caminho ouvimos muitos “não”, mas no fim achamos um que abriu excessão e de fato nosso cachorro se comportou super bem, como era o esperado.
Fizemos o mesmo na busca de uma moradia fixa, onde o proprietário também não aceitava pet mas abriu excessão. No entanto, clausulas passíveis de multa foram adicionadas no contrato do aluguel em que asseguram o dono sobre possíveis danos no imóvel, que incluem xixi no piso ou rodapé, arranhões nas portas, danificações nos móveis e por aí vai. Mas como conhecemos muito nosso cachorro, não foi um problema aceitar as condições.

2. SE O SEU CACHORRO INCOMODAR, AS PESSOAS VÃO RECLAMAR

Os Canadenses são muito gentis e educadas, então não é dificil encontrar alguém ajudando um desconhecido. No entanto, eles também são muito diretos, o que no Brasil pode soar como grosseiro, mas eu vejo como objetividade.
O ponto, é que as pessoas aqui, não permitem que o direito do outro retire o direito delas, ou seja, se alguma de suas atitudes/comportamentos incomodar alguém, pode ter certeza que essa pessoa vai reclamar e se persistir ela sem dúvida vai buscar alguma maneira de conquistar os direitos dela.
Com isso, se o seu cachorro latir muito, fizer bagunça (barulho) pelo imóvel e isso incomodar alguém, pode ter certeza que ela vai reclamar com você, com a administração do prédio e até com a polícia. (Como eu já vi acontecer).

3. PASSEIOS REDUZIDOS NO INVERNO

Esse motivo não é bem uma verdade absoluta, pois vai depender muito de cada cachorro, mas num contexto geral é muito (mas muito) dificil ver cachorros de médio e pequeno porte passeando no inverno. Durante a época de frio, os cachorros de grande porte são os mais presentes nos passeios pela cidade.
Como o nosso cachorro é muito pequeno (2kg), ele tem pouca gordura para manter o corpo aquecido e mesmo sendo peludo e usando roupas apropriadas para o inverno, ele não fica confortável nos passeios, expressando até um “medo” do frio. Com isso, não forçamos as caminhadas nos dias gelados e ter ensinado ele a fazer as necessidades nos tapetes higiênicos foi a melhor coisa, pois garante que ele “vá ao banheiro” no inverno, sem ficar preso aos passeios.
Por isso, se o seu cachorro é de médio ou pequeno porte e só faz as necessidades na rua, sugiro ensiná-lo a usar os tapetes higiênicos antes de vir, pelo menos para garantir, caso ele não se adapte ao frio.

4. SE O SEU CACHORRO ATACAR, VOCÊ PODE SER MULTADO E/OU PRESO

Ir aos parques é um dos nossos passeios preferidos na cidade, pois podemos levar o nosso cachorro e temos contato com muitos outros. Por aqui, é muito comum ver eles brincando juntos e soltos com os donos apenas “vigiando”.
Assim como cachorros e adultos, também há muitas crianças nos parques e elas adoram interagir com os cachorros, com isso, é muito importante conhecer o seu cachorro e ter autoridade sobre ele, pois caso seu cachorro morda um humano ou um animal, você pode ser multado em até 5 mil doláres e/ou ser preso por 6 meses, dependendo da provincia. E no pior cenário o cachorro pode até ser condenado a morte 🙁

5. TER ALGUÉM QUE CUIDE DO SEU CACHORRO NA SUA AUSÊNCIA

A gente ama estar com nosso cachorro e sempre procuramos incluí-lo em nossas viagens, mas nem sempre é possível e com isso precisamos deixá-lo sob os cuidados de alguém. No Brasil, isso era mais simples de resolver com a ajuda da família, no entanto aqui, esse suporte vem dos amigos e se o seu cachorro não for obediente, infelizmente, será muito dificil você encontrar alguém que aceite ficar com ele e então a única alternativa será deixá-lo em algum hotel para pets na cidade.

Por esses motivos (e até outros que eu talvez tenha esquecido de mencionar) eu acredito ser importante você adestrar o seu cachorro antes de se mudar para o Canadá. Mas talvez a verdade, é que o adestramento faz muita diferença e só traz beneficio para o convivio social do cachorro em qualquer lugar do mundo.

Espero que essas dicas tenham lhe ajudado e possam preparar você e sua família nesse processo de adaptação em um novo país.

Beijos e até o próximo post.

Tags: , , ,

mundodasil

Send a Comment

Your email address will not be published.